Notícias

Há mais de 250 grupos a querer tocar no OuTonalidades 2017

By Publicado fevereiro 20, 2017

Circuito português de música ao vivo, que percorrerá Portugal no próximo Outono          

Terminado o prazo de inscrição de grupos, foram 255 as candidaturas recebidas para a 21º edição do OuTonalidades - circuito português de música ao vivo, que percorrerá Portugal, e não só, no próximo Outono. 

Entretanto, já decorre o período de adesão para os Espaços de música ao vivo interessados em acolher o OuTonalidades 2017.

Após as candidaturas de grupos, está já aberto o período de adesão dos Espaços de música ao vivo (cafés-concerto, bares de teatros, espaços culturais associativos e pequenos auditórios) interessados em acolher os concertos da 21ª edição do circuito português de música ao vivo. 

Os 255 grupos inscritos nesta fase prévia, cujo processo terminou a 31 de Janeiro, são maioritariamente portugueses (148) mas também há 107 grupos estrangeiros (de Espanha, França, Holanda, Itália, Marrocos, Alemanha, Argentina e Brasil), que podem constituir oportunidades de intercâmbio com o circuito.

Os grupos candidatos passarão agora por uma pré-selecção, da qual resultará a Bolsa de Grupos que será disponibilizada aos Espaços de música ao vivo que, por todo o país, acolherão os concertos do 21º OuTonalidades, circuito coordenado pela d’Orfeu AC. 

Em 2017, mantém-se a estratégia de colaboração com outros circuitos e festivais, tanto no estrangeiro como em Portugal, alargando as oportunidades do circuito para além do Outono. 

Esta área do OuTonalidades tem registado um desenvolvimento assinalável, gerando uma crescente promoção da música portuguesa além-fronteiras, ao mesmo tempo que é  conferido um traço cada vez mais internacional à programação do OuTonalidades em território português.

Reforçando uma prática das edições anteriores, para o processo de pré-selecção de grupos a d’Orfeu está a convidar vários músicos, jornalistas, produtores e programadores do meio cultural, na qualidade de Conselheiros do OuTonalidades 2017, que partilham o seu conhecimento e experiência com vista à promoção da melhor música nacional e internacional.