Notícias

Entre os dias 22 e 28 de Fevereiro serão várias as alterações previstas                

Segundo informação veiculada pela Câmara de Estarreja no seu site oficial, e tendo em conta os festejos do Carnaval 2017, haverá condicionalismos ao trânsito e ao estacionamento na cidade, conforme segue:

Quarta-feira, 22 de Fevereiro, a partir das 20h30:

Encerramento ao trânsito na Rua Visconde Valdemouro, Rua Desembargador Correia Teles, Av. Visconde de Salreu, Rua Dr. Souto Alves e Largo dos Heróis da Grande Guerra para a realização das Marchas Luminosas e Chegada do Rei (às 21h30);

O trânsito que circula na Rua Professor Dr. Manuel Andrade será desviado para a Rua dos Bombeiros Voluntários, não sendo possível o acesso ao centro da cidade;

O trânsito que circula na Rua Desembargador Correia Teles será desviado para a Rua Dr. Joaquim Manuel Ruela, não sendo possível o acesso ao centro da cidade;

Deslocalização da Praça de Táxis para o separador central da Av. Visconde de Salreu;

Os condicionalismos ao trânsito na zona central de cidade mantêm-se depois de concluído o desfile das Marchas Luminosas até às 08h00 de 5.ª feira, dia 23 de Fevereiro: proibição de passagem no Largo dos Heróis da Grande Guerra (junto à Biblioteca Municipal), na Av. Visconde de Salreu (junto à rotunda) e na Rua Dr. Souto Alves (junto à Garagem Progresso).

Sexta-feira, 24 de Fevereiro, a partir das 16h00:

Encerramento ao trânsito na zona central da cidade, para realização do Desfile Noturno das Escolas de Samba (às 21h30), com proibição de passagem nos seguintes locais: Largo dos Heróis da Grande Guerra (junto à Biblioteca Municipal), Av. Visconde de Salreu (junto à rotunda); Rua Dr. Souto Alves (junto à Garagem Progresso), Rua Dr. Casimiro Tavares, Rua Jornal de Estarreja e Rua das Comunidades Portuguesas;

Entre as 16h00 e as 18h00 a circulação do trânsito estará condicionada na Rua da Teixugueira (Armazém dos Curtumes), Rua da Escola do Agro (haverá circulação pontual em contramão) e Rua Dr. Pereira de Melo devido à passagem dos carros alegóricos;

Das 18h00 até ao final do Desfile Noturno das Escolas de Samba, o acesso à Praça Francisco Barbosa, à Rua Dr. Casimiro Tavares e à Rua Dr. Souto Alves está sujeito ao pagamento de bilhete;

Deslocalização da Praça de Táxis para o separador central da Av. Visconde de Salreu;

Os condicionalismos ao trânsito na zona central de cidade mantêm-se depois de concluído o Desfile Noturno das Escolas de Samba até às 08h00 de sábado, 25 de Fevereiro: proibição de passagem no Largo dos Heróis da Grande Guerra (junto à Biblioteca Municipal), na Av. Visconde de Salreu (junto à rotunda) e na Rua Dr. Souto Alves (junto à Garagem Progresso).

Sábado, 25 de Fevereiro, a partir das 20h30:

Encerramento ao trânsito na Rua Visconde Valdemouro, Rua Desembargador Correia Teles, Av. Visconde de Salreu, Rua Dr. Souto Alves e Largo dos Heróis da Grande Guerra para a realização do desfile inserido no evento Toc’acordar (às 21h30);

O trânsito que circula na Rua Professor Dr. Manuel Andrade será desviado para a Rua dos Bombeiros Voluntários, não sendo possível o acesso ao centro da cidade;

O trânsito que circula na Rua Desembargador Correia Teles será desviado para a Rua Dr. Joaquim Manuel Ruela, não sendo possível o acesso ao centro da cidade;

Deslocalização da Praça de Táxis para o separador central da Av. Visconde de Salreu;

Concluído o desfile, serão repostas as normais condições de circulação na Rua Visconde Valdemouro, Rua Desembargador Correia Teles e Av. Visconde de Salreu (parte). Os restantes condicionalismos ao trânsito na zona central de cidade mantêm-se: proibição de passagem no Largo dos Heróis da Grande Guerra (junto à Biblioteca Municipal), na Av. Visconde de Salreu (junto à rotunda) e na Rua Dr. Souto Alves (junto à Garagem Progresso).

Domingo, 26 de Fevereiro, e terça-feira, 28 de Fevereiro, a partir das 07h00:

Devido ao encerramento ao trânsito da Av. 25 de Abril, desvio do trânsito da EN109 no sentido sul-norte para a Rua Manuel Marques Figueira (junto à rotunda do Hospital Visconde de Salreu) e desvio do trânsito da EN109 no sentido norte-sul (direção Murtosa) para a Rua da Arrotinha e (direcção Aveiro) para a Rua da Quinta Velha;

Encerramento ao trânsito na zona central da cidade para realização do Grande Corso de Carnaval (às 14h30), com proibição de passagem nos seguintes locais: no Largo dos Heróis da Grande Guerra (junto à Biblioteca Municipal), na Av. Visconde de Salreu (junto à rotunda), na Rua Dr. Souto Alves (junto à Garagem Progresso), Rua Dr. Casimiro Tavares, Rua dos Bombeiros Voluntários e Rua das Comunidades Portuguesas;

Encerramento ao trânsito da Rua Luís de Camões, Rua Dr. António Madureira e Rua Jornal de Estarreja, com acesso apenas para residentes;

No dia 26 de Fevereiro, entre as 09h00 e as 11h00, a circulação do trânsito estará condicionada na Rua da Teixugueira (Armazém dos Curtumes), Rua da Escola do Agro (haverá circulação pontual em contramão), Rua Dr. Pereira de Melo, Rua Dr. José Justiniano, Rua Prof. Dr. Manuel Andrade e Rua dos Bombeiros Voluntários devido à passagem dos carros alegóricos. No dia 28 de Fevereiro este condicionalismo apenas se verificará na Rua Dr. José Justiniano, Rua Prof. Dr. Manuel Andrade e Rua dos Bombeiros Voluntários, entre as 09h00 e as 11h00;

Deslocalização da Praça de Táxis para o separador central da Av. Visconde de Salreu;

Das 08h00 até ao final do Corso de Carnaval, o acesso à Praça Francisco Barbosa, à Rua Dr. Casimiro Tavares e à Rua Dr. Souto Alves está sujeito ao pagamento de bilhete;

Entre as 13h00 e as 20h00 será invertido o sentido de circulação na Rua da Restauração para garantir o transporte entre os parques de estacionamento a norte e o Quarteirão Norte;

Os condicionalismos ao trânsito na zona central de cidade mantêm-se depois de concluído o Grande Corso de Carnaval até às 08h00 de 2.ª feira dia 27 de Fevereiro e 4.ª feira, dia 1 de Março: proibição de passagem no Largo dos Heróis da Grande Guerra (junto à Biblioteca Municipal), na Av. Visconde de Salreu (junto à rotunda) e na Rua Dr. Souto Alves (junto à Garagem Progresso).

Segunda-feira, 27 de Fevereiro, a partir das 20h30:

Encerramento ao trânsito da zona central de cidade para a realização do evento Giro de Bailes (às 21h30), com proibição de passagem nos seguintes locais: Largo dos Heróis da Grande Guerra (junto à Biblioteca Municipal), na Av. Visconde de Salreu (junto à rotunda) e na Rua Dr. Souto Alves (junto à Garagem Progresso).

Restrições ao estacionamento durante o período compreendido entre 16 de Fevereiro a 10 de Março:

Desde as 06h00 do dia 16 de Fevereiro até às 23h00 do dia 10 de Março, é proibido estacionar nos locais assinalados na Rua Dr. Casimiro Tavares, devido à montagem e instalação das bancadas neste local;

Nos dias 22 e 24 de Fevereiro, entre as 20h00 e as 02h00 do dia seguinte, e nos dias 26 e 28 de Fevereiro, entre as 13h00 e as 21h00, é proibido estacionar na zona central da cidade, nos locais identificados junto à Praça Francisco Barbosa, reservados para o posicionamento dos meios de socorro dos Bombeiros Voluntários de Estarreja;

Desde as 06h00 do dia 24 de Fevereiro até às 23h00 de dia 28 de Fevereiro, é proibido estacionar na zona central da cidade, nos locais identificados junto à Praça Francisco Barbosa;

Nos dias 24 e 26 de Fevereiro é proibido estacionar nos locais assinalados, na Rua da Teixugueira (acesso ao Armazém dos Curtumes);

Entre as 12h00 e as 21h00 dos dias 26 e 28 de Fevereiro, é proibido o estacionamento de viaturas na Rua da Restauração; Entre as 09h00 e as 21h00 dos dias 24, 26 e 28 de Fevereiro, é proibido o estacionamento na Rua Dr. Pereira de Melo;

Durante o período compreendido entre 24 e 28 de Fevereiro, os parques de estacionamento preferenciais para os residentes serão os seguintes: Parque de Estacionamento do Pavilhão Municipal de Estarreja, Parque de Estacionamento do Parque Municipal do Antuã, Parque de Estacionamento da Rua Luís de Camões (junto à Serviço de Finanças);

Nos dias 24, 26 e 28 de Fevereiro, o estacionamento estará condicionado no parque do Quarteirão Norte, com reserva de lugares para pessoas de mobilidade reduzida e órgãos de comunicação social.

 

Corso infantil foi o primeiro grande desfile dos festejos carnavalescos deste ano            

O primeiro grande desfile dos festejos do Carnaval de Estarreja apresentou-se hoje tendo contado com a participação de associações, instituições, escolas, educadoras, professores e pessoal não docente, pais e encarregados de educação.

As figuras principais foram no entanto os foliões mais pequenos que ao tomarem conta da cidade para brincarem ao entrudo, assim garantem a perenidade do carnaval estarrejense.

Foram igualmente muitos os espectadores que se juntaram à festa num espectáculo que trouxe criatividade, magia e folia. 

Organizado pela Câmara Municipal, com o apoio da Associação do Carnaval de Estarreja, a edição deste ano do Carnaval Infantil contou com a participação de 14 grupos, 1370 participantes e 14 carros alegóricos, e com a graça dos Reis de Palmo e Meio, D. Matilde, a Patinadora, e D. Pedro, o Simpático, que fecharamo desfile.

A edição de 2017 do Carnaval Infantil reuniu crianças e adultos acompanhantes, incluindo os pequenos mascarados que frequentam a creche e a educação pré-escolar e os alunos dos 1º e 2º ciclos do ensino básico. 

É tradição em Estarreja que as crianças comecem a desfilar mesmo que ainda não tenham idade para andar, incutindo-se desde muito cedo o espírito folião que caracteriza o Entrudo no concelho. 

As máscaras e as fantasias foram concebidas pelos grupos, desde instituições particulares de solidariedade social, associações de pais e escolas, que trouxeram para a rua um tema da sua escolha, envolvendo as crianças na concretização de algumas tarefas.

 

CDE perdeu excelente oportunidade para conquistar os primeiros três pontos na fase de manutenção do campeonato

(Vitor Valente-RVR) O CDE perdeu uma excelente oportunidade para conquistar os primeiros três pontos, na fase de manutenção do campeonato, depois de realizar uma primeira parte de grande nível pese embora  não ter conseguido traduzir essa superioridade no resultado devido à falta de eficácia.

O magro um a zero com que se chegou ao intervalo não demonstrava, nem de perto nem de longe, a superioridade dos da casa.

Logo após o apito inicial o CDE lançou-se no ataque e criou oportunidade soberana por intermédio de Alex, depois de incursão de Jonathan pela ala direita do ataque,  com o desvio a sair ligeiramente ao lado do poste direito de Bruno Pinto.

O Estarreja não esmoreceu, continuou a praticar um futebol alegre, vistoso, muito ofensivo e à passagem do primeiro quarto de hora Alex acertou no alvo a passe de Marmelo que também escolheu o corredor direito do ataque para desbravar caminho para abrir a defesa contrária.

Estremeceu o Cesarense e a turma de Sandro Botte criava oportunidades sucessivas mas no capítulo da finalização as coisas não saíam bem.

Por duas vezes se reclamou grande penalidade na área do Cesarense mas o juíz de Aveiro, André Castro, entendeu que não havia motivo para o castigo máximo e o intervalo chegava com a vantagem mínima.

Manuel Monteiro, técnico da equipa de Cesar, reforçou o meio campo logo no reinício da contenda com a entrada de Hugo Silva e a verdade é que o CDE não mais teve vantagem nessa zona nevrálgica do terreno, tendo o jogo passado a ser mais equilibrado repartindo-se agora nos dois meios campos.

Apesar desse equilíbrio o Cesarense tinha algumas dificuldades em penetrar no último reduto do Estarreja mas Stanly aproveitou, de bola parada, na transformação de um livre directo, para restabelecer o empate aos 59 minutos.

Dois minutos volvidos, Gustavo, também de  livre directo, proporcionou a Bruno Pinto a defesa da tarde com estirada vistosa ao ângulo inferior direito da sua baliza, sacudindo para canto naquela que foi a melhor ocasião dos da casa para voltarem a adiantar-se no marcador.

Até ao final foi sempre o CDE a tentar chegar à vitória mas o discernimento começava a faltar numa partida em que Vítor Hugo regressou ao onze inicial e João Pedro voltava a uma casa que bem conhece.

Arbitragem intermitente de André Castro, com benefício da dúvida para os lances referidos anteriormente, mas mal auxiliado por Pedro Assunção que "tirou" dois fora de jogo mal assinalados no primeiro tempo em prejuízo da turma da casa.      

 

Jogaram por Portugal no torneio futebol ISF Jeem Cup, na distante Doha, no Qatar            

(fonte: Jornal de Notícias)  Cansados, mas felizes e orgulhosos, estes 15 alunos do Agrupamento de Escolas de Avanca.-Estarreja, aterraram em Lisboa depois de jogarem por Portugal no torneio futebol ISF Jeem Cup, na distante Doha, no Qatar.

Para muitos, foi mesmo a primeira viagem de avião e o batismo de voo não podia ter sido mais entusiasmante para estes meninos de 11 e 12 anos. 

Tinham sido selecionados para jogarem futebol 9x9 num torneio internacional, e logo na estreia do nosso país nessa competição de desporto escolar, que juntou crianças de 20países.

Ficaram no grupo D, com a França, a Tunísia, a Jordânia e a Croácia.

O torneio terminou esta quarta-feira, com a vitória francesa na final contra Marrocos.